Akwavita - O Espaço da Saúde Integral
Pesquisar no site:  Pesquisar 
Acesse a página inicial da Akwavita  Fale Conosco - O seu canal de comunicação com a Akwavita  Mapa do Site
Terapias Naturais  Voltar
Estética Corporal - Problemas e Tratamentos
  Marque aqui sua consulta
   Maiores informações

  Estética Corporal e Facial    Estética Corporal - Problemas e Tratamentos  

Problemas - Celulite e Fibroses

Lipodistrofia Ginóide ou "Celulite"

Ocorre tanto em gordinhas, como em magrinhas, malhadas. Além da má alimentação, a causa da celulite pode ser hormonal. Que deve ser feito diagnosticado. Se a alteração for hormonal, o médico pode receitar pílula anticoncepcional de baixa dosagem ou trocar o método anticoncepcional”, diz a especialista

A "celulite" atinge até 95% das mulheres, principalmente nas fases sujeitas a alterações hormonais como a puberdade, gravidez e uso de pílulas anticoncepcionais, sendo uma das queixas mais frequentes em relação à estética. O aspecto de "casca de laranja" causa incômodo e insatisfação com o próprio corpo, levando à procura de uma solução para o problema.

As causas que dão origem à celulite não são totalmente conhecidas. Além de uma predisposição hereditária, alterações enzimáticas e hormonais parecem estar envolvidas, diminuindo a quebra das células gordurosas ou aumentando o seu volume.

Tem muito a ver com alimentação inadequada e estilo de vida que não inclui atividade física e excesso de stress, com emocional alterado.

As regiões mais atingidas pela celulite são aquelas onde as mulheres costumam acumular mais gordura: abdomem, quadris, culotes, nádegas, coxas e pernas.

Clique aqui para marcar uma consulta
Clique aqui para solicitar maiores informações

Como se forma?

No nosso organismo, algumas células têm a função de acumular energia, sob a forma de gordura, para ser usada quando necessário. São os adipócitos (celulas gordurosas). Estas células se localizam na hipoderme, a camada mais profunda da pele. Nas mulheres, esta camada apresenta fibras ligando a superfície ao tecido mais profundo, como se fosse um colchão de molas. Estas pontes fibrosas repuxam a pele para baixo, dando o aspecto de "furinhos", que é característico da celulite.

Além disso, fatores como a hereditariedade, as alterações hormonais e enzimáticas, em conjunto, levam a uma alteração circulatória com acúmulo de líquidos e proteínas nas células de gordura, provocando uma modificação da textura do tecido subcutâneo e, posteriormente, uma irregularidade da superfície da pele, que leva ao aspecto visual de "casca de laranja".

A celulite pode estar, ou não, associada à obesidade. No entanto, com o aumento do peso, ela aparece mais, pois o aumento das células gordurosas acentua o repuxamento das fibras. Quando o acúmulo de gordura ocorre de forma excessiva, pode comprimir vasos sanguíneos e linfáticos levando à formação de edema (inchaço) e fibrose. Nesta situação, a celulite se torna mais grave, formando áreas endurecidas e nodulares. Em alguns casos, ocorre inflamação e dor local.

Emagrecer melhora sim o aspecto da pele, mas nem sempre elimina a celulite: “a celulite nada mais é, do que a inflamação do tecido gorduroso, e quando diminuímos a gordura automaticamente aumenta a corrente sanguínea no local e conseqüente à inflamação”,

Temos a Obesidade Yin e Yang

1 - Obesidade Yin (pessoa tem mais frio, típico de mulheres)

  • A celulite é resultado do desequilíbrio do Baço-Pâncreas, que não consegue eliminar adequadamente os líquidos, que vão de depositar na pele Característica da Obesidade Yin, (excesso de frio) que falta calor, para evaporar os líquidos.
  • Este tipo de obeso, também é mais flácido, com a gordura mais mole e que se localiza mais da cintura para baixo.
  • Tende a ter intestino mais solto, ou até constipação sem Ter fezes duras.
  • Geralmente, comem pouco e engordam,
  • Gostam mais de doces.
 
2 - Obesidade Yang (pessoa tem mais calor, típico de homens)
  • Já as pessoas com obesidade Yang (falta do frio), têm uma gordura dura, mais localizada da cintura para cima,
  • Com tendência a intestino preso com fezes ressecadas,
  • Com excesso de apetite, gostam mais de comidas fortes e gordurosas.
  • Têm como principal órgão em desarmonia o Fígado.
 A alimentação atual, favorece a intolerância alimentar
  • Ela é vista como um fator muito importante na celulite e gordura localizada ou até obesidade, especialmente o leite e derivados e o glúten (pelo excesso de hormônios e do trigo transgênico que contém 4 x mais glúten que o natural), são alimentos mal digeridos no corpo humano, ficando acumulados no sistema linfático, obstruindo os linfonodos e consequentemente bloqueiam a circulação linfática.
  • Tal efeito ocorre pois são alimentos produtores de mucosidade e pela falta de enzimas capazes de fazer a sua degradação, ao sair do intestino, estas moléculas grandes, vão para o fígado, deixando-o intoxicado e após isso são despejados no sistema linfático.
  • Com o tempo, isto vai-se acumulando no corpo, endurecendo as fibras dos tecidos, produzindo as celulites de grau 3, 4 e 5 e as fibroses, que para serem desmanchadas precisa de um tempo enorme de tratamento, muitas vezes ineficaz, pela dureza que ficam estas fibroses, que nem lipoaspiração tira.

Clique aqui para marcar uma consulta
Clique aqui para solicitar maiores informações

Como prevenir a Celulite

Atitudes e hábitos que pioram: 

  • Elevação do peso corporal.
  • Uso de alimentos industrializados (refrigerantes e enlatados).
  • Excesso de sal nos alimentos.
  • Ingestão de pouca água (ideal em torno de 2 litros/dia)
  • Uso de vestimentas apertadas (principalmente calça e cintos).
  • Uso de sapatos muito altos.
  • Postura prolongada (de pé ou sentada).
  • Sedentarismo.
  • Banhos diários extremamente quentes (piora a flacidez cutânea).
  • Ingestão prolongada  e única de alimentos frios e crus (saladas) (visão da MTC)
  • Consumo excessivo de alimentos ácidos, de leite e derivados e glúten  
Atitudes e hábitos que ajudam a melhorar:
  • Não exceder o uso de sal.
  • Alimentação mais natural (carnes brancas, alimentos integrais, sementes, grãos, frutas, verduras e legumes, quanto mais orgânicos melhor).
  • Prática regular de alguma atividade física.
  • Uso de medicação tópica efetiva (creme ou gel anticelulite 2 vezes ao dia).
  • Correção de constipação intestinal (absorção desnecessária de toxinas).
  • Uso de roupas e sapatos que não comprometam a circulação e retorno.
  • A celulite é uma doença que não tratada tende a agravar-se. Nem toda ondulação de tecido é celulite.
  • O diagnóstico correto é fundamental para definir o tratamento
  • Dieta bem equilibrada e hipocalórica.
  • Tirar os alimentos que fazem mal

 

©2017 Net4all
Todos os direitos reservados