Akwavita - O Espao da Sade Integral
Pesquisar no site:  Pesquisar 
Acesse a pgina inicial da Akwavita  Fale Conosco - O seu canal de comunicao com a Akwavita  Mapa do Site

Medicina Tradicional Chinesa no Tratamento dos desequilbrios Energticos Internos

Tratamento dos desequilíbrios energéticos
 
Além de ser uma Medicina, é uma Filosofia, que existe há mais de 5000 anos, e teve um desenvolvimento muito lógico, pois foi baseado principalmente na observação dos processos em que se formava uma doença:
Relacionavam as mudanças climáticas, os estados emocionais, e outros fatores, com os sintomas que a pessoa apresentava, e foi então possível verificar que dependendo do agente causador, os sintomas apresentados tinham uma característica, por ex.:
  • Uma pessoa que ficou por muito tempo exposta a um ambiente muito úmido, gerou um reumatismo onde a dor é pesada (a água acumulada na região, torna-a pesada), dá formigamentos (a umidade bloqueia a circulação sangüínea), é fixa no lugar (a umidade não se movimenta), que dá edemas (a água fica presa no local), etc.
  • Como o corpo era sagrado na China, os cadáveres não podiam ser dissecados, para estudar anatomia e os tratamentos tiveram que se desenvolver pela observação e pelo raciocínio lógico.
  • No exemplo citado, por ex., o excesso de água deve ser secado. Para se conseguir isso, foram experimentando o que faria tal trabalho e perceberam várias formas de tratamento: que o uso de calor e substâncias secantes seria o mais indicado.  

Clique aqui para marcar uma consulta
Clique aqui para solicitar maiores informações

Apesar de não ser tão simples assim, o principio é justamente este, se temos um distúrbio energético em que há predominância de sintomas de calor, como gastrite, intestino preso, transpiração abundante e quente, calores no pescoço e cabeça, nos pés e mãos, na região do coração, insônia, boca amarga, sede excessiva, nervosismo, irritabilidade, significa que a parte fria do organismo está prejudicada e que portanto devemos tonificá-la, e que pode também ser necessário tirar o excesso de calor deste corpo.

Da mesma forma, se temos um organismo com sintomas de frio, como intestino mais solto, tendendo para diarréia, pés e mãos frios, ser muito friorento, não ter sede, estar sempre muito cansado, ter uma obesidade daquelas em que se come pouco, mais engorda e principalmente da cintura para baixo, ter gordura mais mole, ter uma tendência a se resfriar por qualquer frio, etc. este organismo precisa ser esquentado. Ainda temos os quadros de sintomas em que há excesso de secura no organismo, que precisará ser umedecido.
 
Também, segundo a MTC, a dor lombar possui diferentes etiologias.
  •  O Trabalho Físico excessivo quando realizado com regularidade, sobrecarrega os músculos da região e os Rins, enfraquecendo os músculos desta região e no aspecto energético o Qi do Rim.
  • Na fase aguda o desgaste físico também causa estagnação local de Qi e sangue nesta região gerando dor.
  • O excesso de atividade sexual, também, sob a visão energética, enfraquece as costas, pois esgota o Qi do Rim. Este, quando deficiente deixa de nutrir e fortalecer os músculos das costas.
  •  A gravidez e parto pode enfraquecer as costas sob dois aspectos: físico e energético.
  •  A Invasão Externa de Frio e Umidade acometem a residência do Qi original que se encontra na região das costas, por isso esta deve ser aquecida e protegida. O frio e a Umidade favorecem a invasão de fatores patogênicos nos músculos, tendões e Meridianos das costas.
  •  O excesso de trabalho sem pausa para descanso por longas datas leva ao esgotamento do Yin do Rim. Este deixa de nutrir corretamente as costas causando dor.
  • E por último os exercícios inadequados, a falta de exercício (sedentarismo), principalmente da sociedade Ocidental, gera o enfraquecimento dos ligamentos e das juntas da espinha, predispondo o indivíduo a problemas de disco, principalmente se combinado com posturas inadequadas. Devem ser aconselhados exercícios moderados e regulares. (MACIOCIA, 1996).
Técnicas da Medicina Chinesa: - Dentro desta medicina, várias técnicas poderão ser usadas, como
  • Acupuntura (agulha): as agulhas fazem o fluxo energético andar livremente para o corpo, redireciona a energia de locais com mais energia para os com menos.
  • Moxaterapia (calor da erva Artemísia): para aumentar o calor do corpo, para pessoas friorentas e cansadas
  • Ventosaterapia (sucção): para fazer o corpo ter uma melhor circulação, tirar nódulos, etc
  • Sangria (extração de gotas de sangue) - para os excessos, como pressão alta, ansiedade, conjuntivite, amigdalite
  • Fitoterapia Chinesa: ervas chinesas no conceito energético, por exemplo: que desestagna o Qi do fígado
  • Cristais Radiônicos: Cristais energizadas com a radiônica, que desbloqueiam o emocional na Auriculoterapia
  • Auriculoterapia: (técnica das 2 sementes por ponto): é um sistema reflexo muito eficaz, além de tratar o corpo como um todo, também serve para ver os desequilíbrios do corpo.
  • Chi Nei Tsang: trabalha com as energias do vento
  • e outras mais dependendo do desequilíbrio da pessoa
Tratamentos: No geral a Medicina chinesa trata inúmeros problemas das pessoas, por restabelecer o equilíbrio energético, e é excelente para:
  • As dores em geral (dor de cabeça, gastrite, nas costas, cólicas menstruais, fibromialgia, dores articulares, tendinites, bursites, etc), para dores que pioram com o frio ou com o calor, lesões articulares.
  • Reequilibra a energia, o yin e o yang, então melhora a pressão arterial, ajuda a evitar infarto e AVC, ensina a entender como ocorre as doenças mais graves, assim como o câncer, o Alzheimer, o Parkinson e ajuda a evita-las. 
  • Por entender que cada órgão tem um emocional, problemas como ansiedade, tristeza, depressão, raiva, preocupações excessivas, e problemas maiores como síndrome do pânico, bipolaridade, bulimia, anorexia, déficit de atenção, hiperatividade, compulsões, TOC, cansaço extremo, Podem ser tratados, pois tratamos os órgãos envolvidos.
  • Como cada órgão cuida de uma parte do corpo, problemas como tontura, zumbido, diminuição da visão, da audição, do paladar, problemas ósseos, queda de cabelo, problemas de pele (até manchas), problemas menstruais, da menopausa, também tem ampla atuação
  • Atua em todos os sistemas corporais: nos problemas respiratórios (asma, bronquite, rinite, sinusite, enfisema pulmonar, etc), digestivos (azia, refluxos, gastrites, úlceras, hérnia de hiato, intestino preso ou solto, má digestão, gases abdominais, arrotos em demasia, diverticulite, síndrome do cólon irritável, hemorroida, desconforto abdominal, problemas do fígado e vesícula), circulatórios (edemas, facilidade de desenvolver vasinhos ou varizes, formigamentos, adormecimentos, fraqueza dos membros inferiores e superiores), Problemas menstruais (cólicas, coágulos, TPM, cistos de ovários, endometriose, miomas, menstruação irregular, etc). 
  • E em todo o nosso corpo, tudo pode ser evitado ou minimizado, se houver o aprendizado e a consciência.
2017 Net4all
Todos os direitos reservados