Akwavita - O Espaço da Saúde Integral
Pesquisar no site:  Pesquisar 
Acesse a página inicial da Akwavita  Fale Conosco - O seu canal de comunicação com a Akwavita  Mapa do Site

Entrevista com a Geriatra Mariana Jacob - Felicidade e Beleza, como consegui-la

Entrevista da ISTOÉ com a  Geriatra Mariana Jacob

A plástica é inútil - Inimiga das dietas dos SPAs, das lipoaspirações e das cirurgias rejuvenescedoras, garante que só envelhece bem quem é feliz

De pouco adiantam cirurgias plásticas, lipoaspirações ou dietas mirabolantes. Pelo contrário, elas geralmente representam riscos altos demais. Importante mesmo é ter saúde. Este é o maior patrimônio que as pessoas podem ter na velhice.

Quando uma pessoa está de bem com a vida e com saúde, ela aparenta ser bem mais jovem. Os olhos e a pele brilham mais. O que faz uma pessoa bonita é, principalmente, estar de bem com a vida. E, jamais, se estará de bem com a vida se não tiver saúde..

ISTOÉ - A partir de que idade as pessoas começam a envelhecer?

Mariana Jacob - Envelhecemos desde sempre, mas o processo se acentua a partir dos 35 ou 40 anos. Nem todo mundo, porém, envelhece da mesma forma ou nas mesmas partes do organismo. O envelhecimento normalmente está associado àquele período da vida em que a pessoa começa a usar óculos, a ter fios de cabelos brancos e, no caso específico das mulheres, com a menopausa.

ISTOÉ - Existe uma idade ideal para procurar o geriatra?

Mariana - Recomenda-se que as pessoas comecem a se tratar nesta época, por volta dos 35 anos. No Japão e na Alemanha vem ganhando terreno uma corrente filosófica baseada na idéia de que o envelhecimento começa ainda no útero materno e que, portanto, a prevenção geriátrica deve começar bem cedo. Acreditam que enquanto o feto se desenvolve o tempo está correndo e envelhecendo aquele ser. Algumas crianças então são submetidas a uma dieta extremamente rigorosa à base de proteínas de qualidade e substâncias que aumentam a imunidade. O objetivo é fazer com que aquele ser envelheça mais tarde e com mais saúde. Pessoalmente, discordo dos cuidados excessivos. Acho que a criança não deve crescer como uma planta numa estufa.

ISTOÉ - A sra. também é contra os spas como um recurso para emagrecimento?

Mariana - Acho que os spas só servem para relaxar as pessoas que vivem sob constante stress, mas é muito pouco tempo para mudar o hábito alimentar de uma pessoa. Para manter a linha é preciso comer sempre pouco, beber muito líquido e fazer bastante ginástica. Em termos de calorias, é fundamental importar tanto quanto se exporta, ou seja, que se consuma tanto quanto se gasta.

ISTOÉ - A maquiagem faz mal à pele das mulheres?

Mariana - Não, apenas acho que as mulheres brasileiras usam maquiagem muito forte pela manhã, o que não é bom para a pele. Maquiagem forte é para aquelas pessoas que trabalham no palco. A maquiagem suave é até bem-vinda, funciona como um protetor solar. Devem passar inclusive nas mãos, que são um prolongamento da pele do rosto.

ISTOÉ - Os protetores solares protegem realmente a pele?
Mariana - Existe uma lenda no Brasil de que o protetor solar não permite o bronzeamento. O protetor impede a pele de envelhecer, desidratar, manchar e cancerizar, mas permite o bronzeamento. As pessoas podem ir à praia, mas devem saber com qual protetor. É preciso consultar um especialista para saber qual protetor se adapta melhor àquele tipo de pele. Não se deve é comprar qualquer protetor que se vende na praia. Aliás, o que se vende são bronzeadores, que só agravam o problema. As pessoas precisam ser educadas. Não se deve ir à praia entre as 9h e as 15h. O protetor permite que as mulheres fiquem bonitas e bronzeadas. Agora, não adianta uma pessoa loura querer ter a pele de uma mulata.


ISTOÉ - Que tipo de exercício é bom para pessoas de meia-idade?
Mariana - Andar a pé, no mínimo uma hora por dia, mas não uma vez ou duas por semana. Tem que ser de cinco a sete dias por semana. É melhor não andar do que andar uma vez ou outra. Isso prejudica o organismo, causa dores musculares e agride as articulações. O ácido úrico sobe mais nestes andarilhos de fim de semana. As pessoas que não têm o hábito de caminhar devem antes fazer um check-up cardiológico e ortopédico, para saber se estão andando corretamente e se não precisam de palmilhas ou outras coisas. Também recomendo uma ginástica leve, tipo sueca, que mexa com as articulações. Jamais com pesos. Falo para as minhas pacientes fazerem dança, pois isso mexe com o corpo e com a mente. Para quem não tem tempo de sair para fazer ginástica, recomendo esteiras rolantes ou bicicleta ergométrica.

ISTOÉ - Quais as queixas mais freqüentes entre seus pacientes?
Mariana - A maioria dos brasileiros sofre de problemas com o tubo digestivo, de artrose e do coração. As mulheres se queixam mais do envelhecimento da pele, da perda de memória e concentração. Nos homens, a principal queixa é quanto à perda da potência sexual.

ISTOÉ - A partir de que idade os homens começam a se queixar de impotência?
Mariana - Este problema atinge homens de várias idades, jovens e velhos. Muitos empresários se queixam de impotência principalmente quando estão atravessando um momento difícil profissionalmente. O homem depois dos 40 anos normalmente precisa ser estimulado. Muitas mulheres não entendem isso. Por isso, recomendo sempre às pacientes que cuidem de seus maridos como faziam no início do casamento, que sejam amantes de seus maridos. Não devem sentir nojo se os maridos quiserem, por exemplo, ver uma fita pornô. Isso pode fazer bem ao casal. Poucas senhoras de idade entendem que não podem viver exclusivamente em função da casa, da família e dos netos. Não podem se descuidar desta outra parte. O homem está um pouco menos adúltero com o advento da Aids, mas só um pouquinho. Quando a esposa não cuida bem desta parte da vida, o perigo está no ar.

ISTOÉ - Que recomendações a sra. costuma fazer a seus pacientes?
Mariana - As pessoas precisam ir ao médico pelo menos uma vez por ano para fazer um check-up, mesmo que não sintam nada. Existem doenças silenciosas, como a arteriosclerose ou diabetes, por exemplo, com ação corrosiva sobre as artérias e que matam rapidamente. Quando se percebe já é tarde. Estima-se que 30 mil pessoas morrem anualmente no Brasil em decorrência de gripes e pneumonias. Então, é necessário se tomar anualmente uma vacina. Outro ponto importante é combater as depressões. Cerca de 40% das pessoas com mais de 65 anos sofrem de algum tipo de depressão. Cerca de 30% dos idosos acima de 85 anos sofrem de algum tipo de demência e 20% das mulheres brasileiras acima de 60 anos sofrem de osteoporose. Muitas pessoas não fazem idéia, mas já existem bons remédios para tratar ou reverter todos estes quadros.


ISTOÉ - Além de medicamentos, a sra. eventualmente recomenda a seus pacientes que procurem algum tipo de terapia?

Mariana - Acho que em vez de fazer análise ou de tomar calmantes, a pessoa deve fazer exercícios. Faz muito bem para a cuca. Venho de um país onde a psicanálise era proibida, onde não se costumava tratar das pessoas através dela. Uma grande terapia são os amigos, os netos, a família. Não tenho nada contra a psicanálise, mas acho que ela tem pouco retorno. Muitas vezes, o melhor remédio é uma boa viagem. Prefiro recomendar a meus pacientes que comprem um ingresso para o Teatro Municipal. O que importa nesta altura da vida é se distrair, é o lazer.

©2017 Net4all
Todos os direitos reservados